quarta-feira, 7 de abril de 2010

O Dia depois de amanhã


Eu sobrevivi! Mas até agora 110 pessoas não! O Rio parou! A sensação que eu tinha é que realmente tínhamos chegado ao fim. Eu levei 6 horas pra chegar em casa. Sai as 20h da noite e cheguei ás 4:30 da manhã (teve gente que nem conseguiu chegar) Foram 6 horas no trânsito, sentada numa mesma posição, sentindo meu corpo formigar e inchar cada vez mais, vendo imagens desoladoras que jamais sairão da minha memória. Vi ruas se transformarem em rios, morros se transformando nas cataratas de Foz do Iguaçu, carros boiando, pessoas andando na rua sem saber realmente o que tinha acontecido. Vi seres humanos serem transformados a nada, em pleno desespero... Não acreditava nas imagens que se passavam diante dos meus olhos. Coisa de filme de Hollywood. Pessoas saindo pela janela do carro ao mesmo tempo que eles eram arrastados pela força das águas como folha de papel. As pessoas num desespero de chegar em casa desciam dos ônibus, abandonavam seus carros e caminhavam por vezes com a água no pescoço. Água essa contaminada por moléstia e sofrimento humano.
No dia seguinte o Brasil e o mundo ficaram sabendo o que tinha acontecido e nós cariocas tivemos a real noção do desastre acontecido: A maior enchente em 40 anos. O prefeito decretou estado de calamidade pública, o governador luto oficial de três dias. Casas desmoronadas, pessoas soterradas, famílias que já não tem nada perderam tudo! E entre todos os bens perdidos que sairam boiando, o pior foi vidas humanas, muitas que estavam somente começando e que não tem culpa de viver num país onde o governo faz vista grossa pra tudo.
Sim senhor presidente que teve meu voto, a culpa não é só de construção irregulares, mas de um governo omisso, de uma bola de neve que talvez o senhor não tenha culpa, mas de um passado onde foi permitido a PRIMEIRA construção!
Sim senhor prefeito que não dormiu essa noite, nem com todo galeria de águas pluviais limpas daria conta pro volume de chuva de segunda feira, mas o que dizer do rio maracana que transborda sempre com qualquer chuvisco? da Avenida Brasil ponto de ligação importante entre municípios da cidade que sempre alaga?
Sim senhor governador, foi uma catástrofe natural, mas solo municipal não é só responsabilidade do prefeito não! É uma RESPONSABILIDADE NOSSA! Na hora que o senhor quer lutar pelos ($$$$) royalties do petróleo, temos que ser um só?
Sim senhores do Comite Olímpico Internacional, que bom que os senhores entendem que se tratou de um fator meteorológico de natureza extraordinária, que pode acontecer em qualquer cidade do mundo, mais fica aqui minha dúvida, será que temos capacidade de sediar uma Olimpíada? Se não somos capaz de receber uma chuva.
E mais uma vez mostramos que somos uma Cidade Maravilhosa até de baixo d´agua, numa corrente de solidariedade as vitimas desse desastre. Obrigado a todos que tem nos ajudado.
Uma por todas e todas pelo Rio de Janeiro
Bjoooo da Goorda Triste

5 comentários:

Anônimo disse...

Até quando seremos submetidos a esse desrepeito? A esse descaso com vidas humanas que são ceifadas a cada novos intempéries meteorológicos? A população não aguenta mais isso!!! Mas quero saber se em outubro (mês das eleições) vamos lembrar de acontecimentos trágicos como os de ontem, na hora de escolhermos os nossos representantes para o poder. Fica aqui a provocação!!! Manifesto também a minha tristeza de ver o sofrimento de milhares de cariocas durante o episódio de ontem. Sem mais para o momento!!!

Diamantes de Cristo disse...

Sábias palavras Glorinha, até quando isso vai ficar assim ?
temos que nos unir e fazer algo , não podemos ficar de braços cruzados esperando mais um desastre como esse , temos que usar todos os meios pra expressar a nossa revolta, e preocupação !!!
Quem bom glorinha que temos vc ,´meu voto vai ser seu !!!
Glória para presidente!!!!

just me disse...

O Glorinha!
Suas palavras carregam muita sabedoria! Infelizmente este é mais um caso de uma tragédia anunciada! Força amiga! Força povo alegre do Rio! Mais um obstáculo que será vencido!

Glorinha disse...

Anônimo: Querido ou querida até outubro muitas coisa vai acontecer e com certeza outras serão esquecidas.

Obrigada pelo sua visita

Carlinhos: Sumido mô bem, rs!Descruzemos nossos braços e faremos nossa parte nem q seja entreter dores por uma hora

Táaaaaaaaaaaaaa

Just: Mais um será vencido!

bjoooo da goorda

Pri - de Lacinho disse...

Oi amiga,
quanto tempo!
Nossa, que caos mesmo... tristeza!
Espero que as coisas melhorem.
bjosss

 
Subir